Normas gerais de publicação na revista


1A- Os originais devem ser submetidos pela equipe da APCD. Uma vez submetidos os originais, a Revista da APCD passa a autorizar ou desautorizar a sua veiculação, total ou parcial, na Revista APCD Sorocaba.

1B- Cada um dos autores devem assinar um termo de concessão de publicação, cujo modelo está reproduzido abaixo:


Termo de Concessão de Publicação
Eu (nós), autor(es) do trabalho intitulado [título do trabalho], o qual submeto(emos) à apreciação da Revista da APCD, declaro(amos) concordar, por meio deste suficiente instrumento, que concedemos o direito de publicação, desde a data de sua submissão por tempo indeterminado. [Data/assinatura(s)]

1C- A Revista da APCD reserva-se o direito de adequar o texto e as figuras recebidos segundo princípios de clareza e qualidade.

1D- Os conceitos e as afirmações constantes nos originais são de inteira responsabilidade do(s) autor(es), não refletindo, necessariamente, a opinião da Revista da APCD, representada por meio de seu corpo editorial e comissão de avaliação.


2. FORMA DE APRESENTAÇÃO DE ORIGINAIS
Os artigos devem ser redigidos utilizando-se fonte Courier New, tamanho 12, espaçamento em pelo menos 12 entre linhas, em 2 páginas tamanho A4 com margens de 2,5 cm.

2A- Categorias de originais, elementos constituintes obrigatórios, ordem de apresentação e limites:
Artigo original – Título; relevância clínica; introdução; materiais e métodos; resultados; conclusão e legendas.
Limites: 1,5 página de texto, 1 tabela e o número de figuras que couberem em meia página. Máximo 1.800 caracteres.

2B- Tabelas
Devem estar no final do texto ou em forma de figuras na resolução adequada. A legenda deve acompanhar a tabela.

2C- Figuras – normas gerais
As ilustrações (fotografias, gráficos, desenhos, quadros etc.) devem possuir boa qualidade técnica e artística para permitir uma reprodução adequada. São aceitas apenas imagens digitalizadas que estejam em boa resolução. Não serão aceitas fotografias embutidas no arquivo de texto. Não serão aceitas
imagens fotográficas agrupadas, fora de foco, com excesso de brilho, escuras demais ou com outro problema que dificulte a visualização do assunto de interesse ou a reprodução
. Os limites máximos apresentados para imagens poderão ser ultrapassados em casos especiais desde que as
imagens adicionais sejam necessárias à compreensão do assunto.

Na apresentação de imagens e texto deve-se evitar o uso de iniciais, nome e número de registro de pacientes. O paciente não poderá ser identificado ou estar reconhecível em fotografias. O termo de consentimento do paciente quanto ao uso de sua imagem e documentação odontológica é
obrigatório e deve se referir especificamente à Revista da APCD
.

Figuras e Tabelas já publicadas em outras revistas ou livros devem conter as respectivas referências e o consentimento por escrito do autor e dos editores.